Pubvet
5 artigos mais acessados em junho 5 artigos mais acessados em junho
A Pubvet elaborou uma lista com os cinco artigos mais lidos no mês de junho! Agradecemos a comunidade de pesquisadores e profissionais atuantes que... 5 artigos mais acessados em junho

A Pubvet elaborou uma lista com os cinco artigos mais lidos no mês de junho!

Agradecemos a comunidade de pesquisadores e profissionais atuantes que fazem da nossa revista uma referência para as áreas de Medicina Veterinária e Zootecnia.


Metodologia ativa na educação em medicina veterinária

aluno, aprendizado, independência

“Este artigo tem o objetivo de investigar o conceito de metodologia ativa e a sua aplicação no curso de medicina veterinária da Universidade Montes Belos (UniMB) – São Luís de Montes Belos, Goiás. A discussão aqui apresentada do tema referido possui como base de composição teórica os estudos de Borges e Alencar (2014) e de alguns teóricos da educação que constituem como integrantes desta metodologia de ensino como Dewey, Vygotsky e Ausubel e Bauman (2007) para contextualização socio-histórica educativa”.

Autores: Gustavo Duarte de Oliveira, Vanessa de Pavesi Faria


Lobos pulmonares e formação dos brônquios do gato mourisco (Herpailurus yagouaroundi – Severtzow, 1848) (Felidae)

Pulmão, brônquios, traquéia, Herpailurus yagouaroundi

“Os pulmões são órgãos respiratórios pares, direito e esquerdo e divididos em lobos por profundas fissuras interlobares. O pulmão direito possui quatro lobos: cranial, médio, caudal e acessório. É maior do que o pulmão esquerdo, e este é dividido em parte cranial do lobo cranial, parte caudal do lobo cranial e lobo caudal. O conhecimento da morfologia destes orgãos nesta espécie silvestre nos auxilia no tratamento de moléstias respiratórias, cirurgias, cateterismo e até a auscultação. Um gato mourisco, fêmea que veio á óbito por morte natural do Zoológico Parque do Sabiá, Uberlândia-MG, foi encaminhado ao LAPAS. Este foi fixado em formol à 10% e seus pulmões e traquéia foram retirados para pesquisa. A traquéia de divide em brônquios principais direito e esquerdo. O direito se subdivide em brônquios lobares cranial, médio, acessório e caudal. O lobar cranial emite os brônquios segmentares cranial e caudal, o lobar médio emite os segmentares dorsal e ventral, o lobar acessório emite os segmentares dorsal e ventral, o lobar caudal emite os segmentares basal dorsal, basal ventral, basal lateral, dorsal cranial e dorsal caudal. O esquerdo se subdivide em brônquios lobares cranial e caudal. O lobar cranial emite os segmentares cranial e caudal, o lobar caudal emite os segmentares basal dorsal, basal ventral, basal lateral, dorsal cranial e dorsal caudal”.

Autores: André Luiz Quagliatto Santos, Flávio Machado de Moraes, Saulo Fernandes Mano de Carvalho, Lorena Tannús Menezes, Arthur Paulino Sanzo Kaminishi, Tatiana Grillo Leonardo,Liliane Rangel Nascimento


Sarna demodécica em cão adulto: Relato de caso

Demodex canis, demodiciose, dermatopatia

“A sarna demodécica canina é causada mais comumente pelo ácaro Demodex canis e acomete cães de todas as idades, prevalecendo nos cães jovens. É de grande importância veterinária uma vez que a patologia frequentemente leva à furunculose e infecção bacteriana secundária, assim seu diagnóstico, tratamento e acompanhamento são fundamentais no controle da doença. Como é passível de ser confundida com outras doenças de pele, a anamnese e o exame clínico se tornam imprescindíveis no atendimento veterinário. Com o objetivo de analisar um caso desta dermatopatia em cão, buscou-se uma caracterização do animal e do estágio da doença, além da busca por embasamento teórico sobre a doença. Com base na caracterização da mesma, foi realizado o tratamento tópico com shampoos medicamentosos, e sistêmico com antibióticos e anti acaricidas, além do acompanhamento periódico do paciente”.

Autores: Rosimeri Spegiorin, Tatiana Palma Durlo


A importância dos endoparasiticidas e ectoparasiticidas em animais domésticos – Revisão

ectoparasiticidas, endoparasiticidas, saúde pública, zoonose

“As parasitoses gastrintestinais, entre elas as verminoses, são responsáveis por elevadas perdas econômicas, em decorrência do crescimento retardado, perda de peso, redução no consumo de alimentos, queda da produção de leite, baixa fertilidade e até mortalidade. O parasitismo é o maior flagelo que acomete os rebanhos mundiais. Os parasitos externos ocupam lugar de destaque entre as parasitoses dos animais domésticos. Os endoparasiticidas e ectoparaciticidas têm como função auxiliar na prevenção e combate as pragas, assim podendo diminuir o índice de certas doenças como, erliquiose e babesiose. A utilização profilática de endoparasiticidas e ectoparasiticidas em animais de companhia assume uma importância fundamental em nível de Saúde Animal, mas também no que respeita à Saúde Pública e Ambiental, face ao potencial zoonótico de determinados parasitas. A aplicação adequada e regular de antiparasitários recai sobre os proprietários para uma proteção contínua do animal, contra qualquer infecção parasitária. Nos carnívoros domésticos, cães e gatos, o maior desafio é o controle das pulgas e da sarna demodécica”.

Autores: Iris Moniele Santos de Oliveira, Islan Barbosa do Carmo, João Hugo Silveira Cruz, Maisa Jesus dos Santos, Leonardo Alves de Farias


Quantificação de coliformes totais e termotolerantes em queijo Minas Frescal artesanal

coliformes fecais, leite, higiene-sanitária

“Foram analisadas vinte amostras de queijo Minas Frescal obtidas em feiras-livres da cidade de Uberlândia-MG, durante o período de outubro a novembro de 2006. A análise microbiológica constituiu-se da contagem de coliformes totais e fecais ou termotolerantes, através do NMP (Número Mais Provável), onde 14 das amostras analisadas (70%) apresentaram NMP de coliformes totais superiores a 103 NMP/g e 16 das amostras analisadas (80%) apresentaram NMP de coliformes termotolerantes superiores a 102 NMP/g. De acordo com os resultados, os queijos artesanais comercializados apresentaram condições higiênico-sanitárias insatisfatórias, o que representa um risco à saúde dos consumidores”.

Autores: Renata Marques Ferreira; Janise de Castro Moraes Spini; Leonardo Gomes Carrazza; Driele Schneidereit Sant’ana; Millene Torres de Oliveira; Luana Ribeiro Alves; Thaís Gomes Carrazza

Pubvet

Somos, há dez anos, uma editora especializada em publicações na área da Medicina Veterinária e Zootecnia. Nossa missão é estabelecer a comunicação entre o campo e a academia :)