Pubvet
5 artigos mais acessados em agosto 5 artigos mais acessados em agosto
A Pubvet elaborou uma lista com os cinco artigos mais lidos no mês de agosto! Aproveite para conhecer o que mais chama a atenção... 5 artigos mais acessados em agosto

A Pubvet elaborou uma lista com os cinco artigos mais lidos no mês de agosto! Aproveite para conhecer o que mais chama a atenção de nossos leitores.

Agradecemos a comunidade de pesquisadores e profissionais atuantes que fazem da nossa revista uma referência para as áreas de Medicina Veterinária e Zootecnia.


A importância da sarna sarcóptica na medicina veterinária: Revisão

ácaro, cães, escabiose, sarna sarcóptica

“As dermatopatias parasitárias são enfermidades que representam aproximadamente 30% do total de casos atendidos em hospitais e clínicas veterinárias de animais de companhia. Uma das patologias da pele é a sarna, essa que é causada por um ácaro Sarcoptes scabiei variedade canis. Altamente contagiosa entre os animais domésticos como cães com potencial zoonótico podendo infestar o ser humano. A doença manifesta-se com prurido intenso na pele, formando crostas hemorrágicas, perda de pelos e provocando o aparecimento de feridas. Os exames de diagnóstico consistem em teste de arrancamento do pelo, tricograma, raspagem superficial e trial terapêutico com ectoparasiticida. Vários produtos antiparasitários vêm sendo usados para o tratamento de sarna sarcóptica que variam desde múltiplas aplicações tópicas a dose única injetável. Esta revisão objetivou verificar a importância clínica na identificação dos sinais clínicos, formas de diagnósticos e estratégias de controle parasitário apropriados e eficazes, dessa forma contribuindo para melhor proteger os cães destes parasitos. Através do presente estudo, nota-se a evidencia da atenção do médico veterinário aos sinais clínicos do ácaro na clínica de pequenos animais, seu tratamento deve começar tão mediatamente quanto o diagnóstico, pois, além do fator bem-estar animal, tem-se a sarna sarcóptica que é considerada uma zoonose, sendo assim um caso de saúde pública”.

Autores: Fernanda de Cássia Pereira Barros, Ana Luiza Madruga de Oliveira, Luís Eduardo Monteiro Galvão, Leonardo Alves Farias


Sustentabilidade de pastagens – Manejo adequado como medida redutora da emissão de gases de efeito estufa

gás carbônico, integração lavoura-pecuária, manejo da pastagem, metano 

“A produção animal sustentável tem sido o foco de pesquisa em todo mundo, frente às mudanças climáticas globais. A produção animal está baseada principalmente em pastagens. As pastagens ocupam dois terços da área agricultável no mundo. A baixa fertilidade do solo e o manejo incorreto são apontados como causas principais da degradação das pastagens, isto provoca a diminuição no seqüestro de carbono que representa uma compensação às emissões de metano e óxido nitroso. Este trabalho apresenta dados sobre altura pré e pós-pastejo das principais gramíneas forrageiras tropicais, algumas técnicas tais como dieta alimentar, melhoramento genético, uso de microorganismos metanotróficos para mitigar a emissão de metano. A prática da integração lavoura-pecuária e o uso de leguminosas figuram dentre outras tecnologias como promissoras para reduzir a curva de emissão de carbono”.

Autores: Valdinei Tadeu Paulino,  Erika Maria de Lima Celegato Teixeira


O potencial do mercado de petiscos para gatos: um estudo exploratório

Alimentação, características, felinos, funcionalidade, mercado

“O presente estudo teve como objetivo realizar estudo exploratório sobre o mercado de petiscos para gatos. Para isso, foi realizada uma prospecção de mercado que foi composta com perguntas relacionadas ao perfil dos tutores, o perfil dos gatos e a opinião sobre petiscos para seus animais, por meio da aplicação de questionário, utilizando-se a mídia digital como veículo. O teste de prospecção de mercado obteve 127 respostas, distribuídas em 11 estados brasileiros, com predominância dos tutores do sexo feminino, de escolaridade de nível superior, poder aquisitivo médio e que consomem produtos com características funcionais. A maioria dos gatos convivem com outros animais, foram adotados e eram SRD (Sem Raça Definida), 60% dos tutores compravam petiscos para seus gatos, e utilizavam como critério para compra a sequência: indicação veterinária, marca, preço, facilidade para encontrar, condição financeira. Apesar da insatisfação de parte de alguns tutores em relação aos produtos para gatos disponíveis no mercado, eles estavam dispostos a experimentar novos produtos desde que esses fossem saudáveis. O mercado de alimentos para gatos é receptivo a novos produtos com apelo de funcionalidade, desde que apresente preço convidativo, de fácil acesso e seja aceito pelo gato”.

Autores: Aline Duarte Souza Carneiro, Grazine Ferrer Correa, Lucas Domenico Elmôr, Flavia Maria Oliveira Borges Saad, Augusto Hauber Gameiro, Roberta Ariboni Brandi


Esofagotomia torácica para remoção de corpo estranho em um cão: Relato de caso

cirurgia, esôfago, obstrução, tórax

“Os corpos estranhos são objetos que podem ocasionar obstrução ou desconforto ao animal por geralmente serem grandes e apresentarem pontas finas e afiadas que podem perfurar órgãos, como a mucosa esofágica. Os cães são mais acometidos que os felinos devido aos hábitos alimentares indiscriminados. O esôfago apresenta uma anatomia tubular relativamente estreita, responsável por conduzir alimentos da faringe ao estômago. Os sinais clínicos de obstrução variam e dependem da duração, localização, grau de obstrução e acometimento da parede esofágica. O diagnóstico baseia-se no histórico clínico do paciente, radiografia ou endoscopia. A remoção cirúrgica é amplamente utilizada pela gama de possibilidades e a escolha do procedimento e protocolo varia de acordo com a localização, tamanho/ forma do corpo estranho, e grau da obstrução, como a toracotomia. O objetivo do presente trabalho é relatar um caso em que a esofagotomia torácica foi optada para a remoção de um corpo estranho que obstruía o lúmen esofágico na porção torácica de um cão”.

Autores: Francisco de Assis Araújo Camelo Júnior, Thiago Franco, Virginia Machado Feijó, Risciela Salardi Alves de Brito, Humberto Zanusso de Medeiros, Maria Gabriela de Mello Fonseca, Paula Andreuchetti Madruga, Dilene Formentin Priario, Sérgio Jorge, Jorge Squeff Filho


Cetoacidose diabética: Revisão

acidose, cetose, diabetes, hemogasometria

“A cetoacidose diabética é definida como uma grave alteração metabólica, caracterizada pela tríade de hiperglicemia persistente, acidose metabólica e hipercetonemia associada a cetonúria. Ocorre frequentemente em pacientes com diabetes que possuem quantidade insuficiente de insulina, rotineiramente pacientes diabéticos não diagnosticados ou que sofreram omissão de terapia insulínica. O diagnóstico e tratamento da cetoacidose podem ser desafiadores. Diante da importância e aumento dos casos de cetoacidose diabética em cães e gatos, essa revisão tem como objetivo auxiliar o médico veterinário e estudantes na compreensão da fisiopatologia, diagnóstico e tratamento”.

Autores: Luciana Wolfran, Mônica Kanashiro Oyafuso, Silvia Cristina Osaki

Pubvet

Somos, há dez anos, uma editora especializada em publicações na área da Medicina Veterinária e Zootecnia. Nossa missão é estabelecer a comunicação entre o campo e a academia :)